Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Womenage a Trois

Women's True Banal Stories - womenageatrois@gmail.com

Novembro 03, 2006

Shyznogud

... o PSD estaria, a esta hora, a carpir o líder do grupo parlamentar e à procura de um novo.

P.S. - ontem baralhei-me com os Marques mas já está a emenda feita. A hora tardia e o entorpecimento provocado por um jantar açoriano - e toda a gente sabe como a culinária dessas ilhas é levezinha - tiveram um efeito anestesiante não só nos neurónios mas, e fundamentalmente, nas capacidades de leitura.

Novembro 02, 2006

Shyznogud

Garanto que não estou a padecer de seguidismo e a enfileirar c'a parceira nos "nãos" com que iniciou o dia. Nope, nada disso, estou mesmo é em dia não e, diz-me o meu grilo falante, nesses dias é melhor estar caladinha porque basta um pequeno estímulo para que o que de pior há em mim atinja toda a pujança. Uma boa técnica de combater a verrina que se abate sobre a minha pessoa em certas ocasiões é - paradoxo? - fazer pequenos mimos. Nos últimos dias alguns dos meus amiguinhos deliciaram-se com o Vincent do Tim Burton, aproveito o mote e recordo aqui outra pequena delícia do mesmo autor, The Melancoly Death of Oyester Boy*, pode ser que também gostem (existe uma edição portuguesa mas estou desmemoriada e não me lembro qual é a editora. Aliás, na mesma colecção - grrr, que editora será? - há outro livro, não do Tim Burton mas de Tom Baker, "O rapaz que chutava porcos" que também recomendo. São facilmente reconhecíveis pelas capas pretas e duras.).

* o link permite a visualização e leitura do livro em inglês

Novembro 02, 2006

FuckItAll

Novembro 02, 2006

FuckItAll

Está aberta a Época: do não à criminalização do aborto e do não ao Natal. É altura de juntar esforços. Encontrei alguém que, de uma só penada, resolve os dois problemas. Aqui fica:

Novembro 01, 2006

Cenas Obscenas

...não têm? Pois eu tenho. Nessa altura os homens eram verdadeiros homens e as mulheres eram plenas mulheres. Melhor: os homens sabiam como agradar às mulheres. Nas palavras e nos actos. Sem tabus nem pudores, sem reservas nem hesitações. E elas retribuíam, em mútua satisfação plena. Como diria a Guidinha, "com muito prazer". A rodos. Até demais. Não acreditam? Pois aqui têm a prova. Insofismável. Irrefutável. Um expert do prazer. Uma deusa do amor. Em comunhão plena, sem falsos pruridos. Com as palavras certas, com o tacto adequado. Na medida exacta. E na altura não havia pudores em gravar tudo no saudoso Betamax para depois mostrar aos amigalhaços. Gentes do século XXI, roam-se de inveja!
(Para as mentes mais sórdidas: quem julgar ver aqui um célebre caso mediático da época, pois acertou em cheio).

Pág. 9/9

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D