Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Não exponham os vossos pontos fracos!

 

Desde quando eu era miúda que a minha mãe quando está zangada comigo me trata pelos meus dois nomes o que, obviamente, me deixou muuuito traumatizada e fez com que passasse a implicar com tal tratamento. Buuuurra*, partilhei essa informação com os meus descendentes que agora se divertem a gozar com tal trauma. Ainda há pouco, na resposta a um mail em que a pretendia ajudar no estudo de geografia (que vai ser o seu primeiro exame da temporada, na sexta), a minha digníssima filha fez o favor de me presentear com o que se segue:

 

"tens de aprender a não distorcer aquilo que eu digo, maria joão. o que aparecia era macrocefalia e litoralização, não dizia nada de bipolarização (e não bipolaridade!)."

 

Argh! Ao ler aquele "maria joão" cabrãozinho amuei, não a volto a ajudar, pronto!

 

* A burrice ainda é mais acentuada porque também sabem que odeio a palavra fofa. Está-se mesmo a ver a quantidade de vezes que lhes sai um "Fofa" ou "fofinha" da boca para se me dirigirem. Ou então, inspirados no Space Jam (este devo-to a ti - grrr - Cenas), utilizam estratégia de substituição e chamam-me Lola ou Lola Bunny. Não há respeito, é o que é.



Shyznogud às 14:44

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres