Quarta-feira, 23.01.08
Ao abrir o mail, há minutos, olhei para um título do sumário do Hunffington Post, abanei a cabeça e pensei "nã, não sejas javardolas, não tem nada a ver o que pensas." e fiquei preocupada, bolas. Para tirar teimas, porque o meu lado santinho e naif continuava à tareia com o malicioso, resolvi abrir a página do "Clitoral Economics" (era assim que se chamava o artigo e percebem, agora, as alusões que por lá adivinhei, não percebem). Foi com alívio que, logo na primeira frase, percebi que existem razões para a malícia, "With all the talk about how to stimulate it, you'd think that the economy is a giant clitoris." (e a seguir borrifei-me no artigo, not in the mood for economics. Se vossas exas. ficaram curiosas, têm bom remédio).