Sábado, 06.09.08



O Lutz escreve hoje um post, sobre a campanha presidencial americana, que subscrevo do princípio ao fim. Também a mim me pareceu, durante muito tempo, que Hilary Clinton seria a melhor escolha presidencial, também a mim Obana não me entusiasmou mas tem-me vindo a convencer um bocadinho mais com o passar dos tempos, também eu não tinha as costumeiras implicações dérmicas com o candidato republicano (a propósito lembro este post da Fuckit me Abril, sobre algo que o Lutz refere), também eu sentia um certo alívio porque me parecia que quer ganhasse um quer outro dos candidatos não haveria de vir muito mal ao mundo... e também eu alterei a minha posição nos últimos dias, passando a desejar ardentemente que Obama ganhe. O que ouvi naquela convenção republicana (yep, fui espreitando a espaços as emissões da CNN e da Fox) assustou-me, revolveu-me as entranhas. E, claro, a cerejinha no topo do bolo foi a escolha de Sarah Palin para a vice-presidência, brrr, que arrepio...