Quarta-feira, 23.07.08

 

"O saci é um diabinho de uma perna só que anda solto pelo mundo, armando reinações de toda sorte: azeda o leite, quebra pontas das agulhas, esconde as tesourinhas de unha, embaraça os novelos de linha, faz o dedal das costureiras cair nos buracos, bota moscas na sopa, queima o feijão que está no fogo, gora os ovos das ninhadas. Quando encontra um prego, vira ele de ponta pra riba para que espete o pé do primeiro que passa. Tudo que numa casa acontece de ruim é sempre arte do saci. Não contente com isso, também atormenta os cachorros, atropela as galinhas e persegue os cavalos no pasto, chupando o sangue deles. O saci não faz maldade grande, mas não há maldade pequenina que não faça.", é assim que Monteiro Lobato define o Saci, essa figura deliciosa da mitologia brasileira.

 

 

*

 

Adenda FuckIt: para uma crítica da mitologia brasileira



Shyznogud às 13:35
editado por FuckItAll às 14:09
juntar-se ao pagode ver o deboche (15)

 

Um site funcional, o que se atesta pela organização dos produtos em categorias e com promoções do dia, se bem que haja arestas a limar (senti-me ligeiramente defraudada quando, ao carregar no item "grand" do "Bonus Pack", encontrei criaturas com 1,75m, ora se isto é grande... ).

 

(conversa mais - ou menos - séria sobre o site aqui)

 




... e em que, por acaso, a blogosféra é fértil. De cada vez que aparece um detractor do Acordo Ortográfico (ratificado há dois dias por Cavaco) há sempre alguém que usa como exemplo o "facto" e o "fato". Não podiam, ao menos, escolher um exemplo que ilustrasse, de facto, alterações que o Acordo promoverá? Que eu saiba em Portugal "facto" vai manter-se "facto" porque em terras lusas esse c não é mudo.




(mais uma sugestão daqui)




Parece que estes senhores vêm para os meus lados amanhã.

 

 




(importado da fonte habitual)




 

(roubado)