Quinta-feira, 12.06.08

(roubada ao Rui Bebiano)




"Two elderly Italian nuns have chained themselves to a lamp post outside the Vatican claiming they had been wrongly expelled from their cloistered convent and wanted Pope Benedict to help them return. (...)The two women told reporters they had left their convent of Carmelite nuns in central Italy for several months for health reasons but when they returned the mother superior refused to let them back in the cloistered convent. The mother superior accused them of disobedience and banished them, the nuns said. One of the nuns held up a placard reading: "Your Holiness, we are neither prostitutes, nor violent, nor thieves, nor mentally infirm"."

 

(obrigada, Palmira)

 

Também vai bem junta esta história, nacional e modernizada.




Alguém mais paciente do que eu explica a este senhor, tão preocupado com a falta de cultura filosófica nacional, que a filosofia não é bem um fruto do pomar europeu? É que fico meio desarmada perante quem genuinamente acredita que não existe filosofia e história filosófica a oriente. Pobre raça a nossa, que deu novos mundos ao mundo mas não ficou com nenhum bocadinho da viagem na cabeça...

 

(a citação que o Diogo faz aqui adapta-se bem a esta conversa)


sinto-me: dada à caridadezinha


Façam o favor de ir ler o "31 de Cavalaria" na casa do lado.