Sexta-feira, 04.04.08



...é mais ou menos o conselho dado hoje por Vasco Pulido Valente no Público (pg. 58, julgo eu), para quem se queixa do decréscimo da influência católica (no caso, a propósito da crónica de ontem de Constança Cunha e Sá no mesmo jornal, também comentada aqui). Sugiro que leiam, olhem que é muito, muito raro eu rever-me nos escritos deste senhor.


P.S. - para a Filipa, "que anda lá fora a lutar pela vida,"  aqui está a crónica do VPV


sinto-me: espantada

FuckItAll às 13:10
editado por Shyznogud em 05/04/2008 às 10:42
juntar-se ao pagode ver o deboche (8)

O Luís Rainha decidiu começar a fazer concorrência aos meus Sound Trash com o "Filho do Recluso" . Letras de temática social como esta transportam-me, inevitavelmente, para o grande, o enorme Odair José. Já antes partilhei convosco o inolvidável "Pare de Tomar a Pílula" (quando encontrar o post linko-o), mas este "Vou tirar você desse lugar" vem muito mais a propósito.



Não concordando nada com o Priápico, porque não é pelo traço que Carlos Zéfiro é original/reconhecido  (aquele traço é típico de uma certa época e a bem da verdade fica a anos-luz da Miss.Tic), não quero deixar de o saudar pela lembrança que, em boa hora, connosco partilhou. Aproveito e, porque na outra casa a Igreja Católica tem sido tema recorrente (é o que acontece quando bispos resolvem dizer bojardonas), recomendo, a quem o não conhece, a iniciação na obra de Zéfiro pela imortal história de Adão e Eva (carregando na capa podem-na ler integralmente). Os outros Catequismos também podem ser visualizados na web.