Quinta-feira, 03.04.08

que me venham explicar como isto é muito bem feito, que os miúdos hoje em dia é só malandragem e o que precisam é de disciplina, além de que, coitados dos professores, e tal. Vem esta expectativa da experiência surrealista que foi seguir esta caixa de comentários

 

Parece que anda por aí muita gente que acha que educar bem é agredir e maltratar. E que é boa ideia tolerarmos agressões aos nossos filhos. Diz que assim, pelo abuso de força, lhes estamos a instilar bons princípios na relação com as escolas, a autoridade e a disciplina. Parece que assim é que lhes damos bons exemplos no modo de gerir problemas e conflitos.

 

Depois queixem-se do resultado.

 

Nota: usar a primeira notícia linkada como mote não é exagerar tanto como pode parecer. Nos comentários à mesma notícia no Público já apanhei uma ex-professora a explicar que ensinar é difícil e "às vezes o professor reage emocionalmente". Pois. Até há pessoas que quando se emocionam muito cometem homicídios. Coitadas.




(Podem saber mais sobre ela começando, por exemplo, no artigo que a Wikipedia em língua francesa lhe dedica. Não deixem de seguir os links finais, em especial este)

(em stereo)



...mas têm, mais que tudo, uma forma bastante estranha. Não perguntei de que bicho eram.

Devo comê-los?