Domingo, 20.01.08
Tenho apenas uns minutos. Mas não consigo calar o que me vai na alma. Venho denunciar aqui a infame tentativa de suborno, corrupção e silenciamento do espírito do Womenage a Trois. Uma multinacional ligada a grandes interesses obscuros está, de forma insidiosa e torpe, a tentar convencer os membros desta confraria a mudar de poiso. Somos aliciados com promessas de fama e glória, mordomias várias, satisfação de vícios e bilhetes para o Cirque du Soleil. Já só resto eu, as duas mongas e o pendura já cederam, sabe-se lá a troco de quê. Eles que confessem, se tiverem coragem, quais foram as promessas de satisfação dos infames vícios de que padecem. De nada valeu a minha rectidão impoluta, o meu exemplo irredutível, a minha postura moral. Temo bem ter perdido a batalha, mas nunca a guerra. Assim, se daqui a uns dias virem um aviso a informar de que o WAT se mudou de armas e bagagens para um portal ligado à Trilateral, aos Illuminati, à Grande Loja do Presunto Pata Negra e ao Lobby Dei, saberão que o facto está consumado. Eli, eli, lema sabacthani?







Resolvi, finalmente, assumir-me e revelar-me. Ó para mim tão gira...



Gosto muito, muito desta senhora, daí a satisfação e expectativa que me dominam desde que sei que não tarda terei novo cd dela na mão. Volta aos covers, o que não é má notícia depois do lindíssimo e glorioso The Covers Record de há uns anos.



como ontem à noite o Bowie esteve presente por aqui, se vos apetecer ouvir outra versão da mesma canção, desta vez interpretada por ele,cá vai



Lindo, lindo, lindo!