Sábado, 19.01.08
Entre a profusão de bosta sonora produzida pela, mui celebrada, Ciccone esta é esplendorosa de má.





(depois segue mp3 via mail)


Nunca me tendo sido uma figura particularmente simpática não deixo de reconhecer importância, até pelo pioneirismo em tantas coisas, a Maria de Lurdes Pintassilgo, razão mais que suficiente para aconselhar vivamente a leitura do trabalho de Adelino Gomes publicado no Público de sexta-feira (transcrevi-o para o sítio do costume).